Hidrelétricas operadas pela Cemig são leiloadas por R$ 12,1 bi

Da Redação – 27.09.2017 –

Pacific Hydro, controlada pela chinesa SPIC, francesa Enie e a italiana Enel levam as quatro usinas da Cemig em leilão realizado hoje

O leilão das usinas hidrelétricas de São Simão, Miranda, Jaguara e Volta Grande totalizou R$ 12,2 bilhões em outorgas de concessão para o governo federal. Coordenado pela Agência Nacional de Energia Elétrica, o processo aconteceu hoje em São Paulo e teve dois protagonistas: a Pacific Hydro, controlada pela chinesa SPIC, e a francesa Enie.

A primeira levou o destaque dos quatro leilões – São Simão – por R$ 7,18 bilhões, com ágio de 6,5%.
A companhia europeia, por sua vez, fechou o pacote de compras vencendo os três leilões restantes, liderando o consórcio Engie Brasil Minas Geração. No caso da usina hidrelétrica de Jaguara, o ágio pago foi de 13,6%, o que significa um pagamento de R$ R$ 2,17 bilhões. O consórcio também arrematou a usina de Miranda por R$ 1,36 bilhão, com o maior ágio do leilão – 22,4%. E, pra finalizar, a italiana Enel é a nova dona da hidrelétrica de Volta Grande, com ágio de 9,84%, o que significa um valor de R$ 1,4 bilhão.

Todos os contratos têm prazo de 30 anos, mas o valor arrecadado das outorgas não chega a 10% do déficit previsto de R$ 159 bilhões para esse ano, segundo estimativa do governo federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *