Interrupção de energia custa R$ 304 milhões por hora

Da Redação – 16.10.2018 –

E a engenharia de confiabilidade e a gestão de ativos do setor elétrico podem ser a solução, na avaliação da Atech

O prejuízo estimado para cada minuto de interrupção no fornecimento de energia elétrica no Brasil, segundo o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD), é de R$ 5 milhões. Para cada hora, esse número pula para R$ 303,8 milhões. É com base nesses dados que a Atech, tradicional empresa do setor aeronáutico, atua para posicionar a gestão de ativos do setor elétrico com uma solução para o problema.

O foco? Conferir maior confiabilidade à manutenção no setor. A resposta da companhia é a plataforma Okto, que integra também soluções para logística, conectividade e segurança digital. Lembrando que as concessionárias são rigidamente monitoradas pela Aneel, a agência do segmento, o que obriga a adoção de ações assertivas em manutenção.

Solução de engenharia de confiabilidade foi criada em conjunto com a Atech

“Graças à expertise que obtivemos em mais de uma década de atuação nos mercados de Defesa e Controle de Tráfego Aéreo, a Atech entende bem os desafios enfrentados pelo setor elétrico”, afirma o responsável pelo portfólio de soluções para gestão de ativos da Atech, Fábio Vieira. De acordo com ele, a engenharia de confiabilidade, bem como as práticas de gestão de ativos,  está se tornando uma tendência em manutenção cada vez mais forte no setor elétrico.

Um dos itens do portfólio da Atech é a Solução para Gestão Estratégica de Ativos, cujo objetivo é “identificar e controlar os riscos relacionados aos processos produtivos e oferecer maior visibilidade para criar operações de alto desempenho”. O produto foi desenvolvido em parceria com a Compass, antiga ReliaSoft Brasil, empresa especializada na difusão do conhecimento em engenharia de confiabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *