ISPs ampliam participação em fórum de telecom da Anatel

Redação – 21.05.2021 – Provedores regionais de telecom, também conhecidos como ISPs, devem participar do Comitê de Defesa dos Usuários de Serviços de Telecomunicações

O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) publicou o edital de convocação que abre a possibilidade de indicações para a composição do Comitê de Defesa dos Usuários de Serviços de Telecomunicações (CDUST). Entre os novos membros está prevista a participação de um membro escolhido por entidades representantes dos ISPs, identificados no documento como Prestadoras de Pequeno Porte de Serviços de Telecomunicações. O CDUST tem por objetivo assessorar a Agência em assuntos relacionados à proteção dos direitos dos usuários. As inscrições vão até o dia 8 de junho e os mandatos dos escolhidos terão início em 3 de outubro se encerrando em 2 de outubro de 2025.

Para o CEO da Sencinet, Alex Ingles, a presença de representantes de ISPs proporcionará ao órgão uma visão prática sobre a realidade vivenciada por fornecedores e usuários deste serviço. “Essas empresas estão em contato direto e permanente com os consumidores de internet em todo o país. Desta forma, elas captam elogios, críticas, reclamações e sugestões. Esse relacionamento certamente enriquecerá a contribuição que o CDUST prestará à Anatel”, afirma.

Segundo ele, a pandemia provocou um aumento inusitado no uso de internet nas mais variadas regiões do país. “Os ISPs chegam a localidades que as grandes empresas não conseguem. Sendo assim eles vão captar com muito maior agilidade o sentimento do usuário da rede neste novo momento”, afirma.

Criada em outubro de 2020 como fruto da aquisição das operações domésticas da América Latina da British Telecom (BT) pelo CIH Group, a integradora de telecomunicações e serviços em nuvem Sencinet, iniciou neste ano um abrangente processo de parcerias com ISPs regionais para ampliar a distribuição de seus produtos, principalmente o SD-WAN, em toda a América Latina. Neste processo se destacam o Brasil, onde já foram contactadas mais de 100 empresas, a Colômbia, com 50 e o México, com 40.

O responsável pelo credenciamento de ISPs na Sencinet, Thiago Leite, informa que a parceria oferecida pela Sencinet permite aos ISPs acrescentarem aos seus portfólios de serviços a estrutura robusta que as grandes e médias empresas precisam quando estão em busca de parceiros para se instalar fora dos grandes centros. Segundo ele, por contarem com o suporte da Sencinet, esses ISPs locais passam a poder contar em suas carteiras de clientes com marcas líderes em segmentos como o varejo, por exemplo, sempre em busca de instalar lojas pela maior parte do território nacional ou o financeiro, com sua necessidade de atendimento por meio de agências.

“Além de garantir a estabilidade e a redundância na conexão, os ISPs locais conseguem viabilizar soluções como o SD-WAN, que é uma das mais fortes tendências para conectar aplicações em nuvem e redes corporativas”, completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *