Operadoras vão dar suporte ao serviço de alerta em SP

Da Redação – 16.11-2017 –

Focado em avisar a população sobre desastres naturais, sistema vai usar mensagens de texto (SMS)

A partir de hoje, dia 16, os paulistas já podem se cadastrar no sistema estruturado pela Defesa Civil Nacional para receber SMS em caso de desastres naturais. Um vez cadastrado, o morador passa a receber alertas de inundações, alagamentos, temporais, perigo de deslizamentos de terra, entre outros, e recomendações da Defesa Civil. O serviço não tem nenhum custo para o cidadão e nem para o governo. Se o usuário desejar, é possível cancelar o recebimento dos alertas.

Quem coordena o envio das informações é o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), em parceria com a Defesa Civil do estado e municípios. E, sempre será realizada campanha informativa nos meios de comunicação das cidades que contarão com o novo serviço. O acompanhamento executivo do serviço de alertas por SMS é feito pela ABR Telecom, entidade que reúne operadoras móveis e fixas.

O sistema chega a São Paulo depois de um período de testes que foi coordenado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e que conta com representantes do Cenad. O projeto piloto começou em fevereiro com cerca de 500 mil moradores de 20 municípios de Santa Catarina. Outras cinco cidades do Paraná, com cerca de 100 mil moradores, passaram a contar com o sistema em junho. No total, mais de 579 mil assinantes do PR e SC já utilizam o serviço. Esses dois estados receberam entre 8 de fevereiro e 10 de novembro 330 notificações de alerta com um total de 1,07 milhão de mensagens encaminhadas.

O serviço de alerta de desastres naturais já é utilizado no Japão e outros 20 países, entre eles o Canadá, Chile, Bélgica e Filipinas contam com serviços semelhantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *