Parceria entre CPTM e agência americana pode trazer mais tecnologia para o transporte de SP

Redação – 10.09.2021 – Organização para Comércio e Desenvolvimento dos EUA vai investir US$ 726,6 mil em estudo de viabilidade de TIC nos trens da capital 

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) assinou na semana passada uma parceria com a Agência dos Estados Unidos para o Comércio e Desenvolvimento (USTDA, na sigla em inglês). O acordo prevê que a agência direcione US$ 726,6 mil (aproximadamente R$ 3,7 milhões) para que seja contratada uma consultoria norte-americana para desenvolver um estudo de viabilidade de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) para a companhia brasileira. 

O negócio é interessante para a CPTM porque lhe dará acesso a um estudo que beneficiará a companhia e seus passageiros. A ideia é trazer mais tecnologia para o transporte ferroviário da capital. Já a USTDA ganha no apoio a um projeto que naturalmente gera oportunidades de parceria para empresas do seu país de origem. De acordo com uma estimativa da agência referente a 2020, para cada US$ 1 investido em seus programas, o retorno é de US$ 112. Desta forma, o valor destinado ao pagamento sairá da USTDA para a empresa escolhida sem intermédio da CPTM. 

O projeto, cujo edital será divulgado nos próximos dias pela USTDA e será destinado exclusivamente a consultorias dos Estados Unidos, auxiliará a CPTM na incorporação de tecnologia para o transporte, incluindo análises de Big Data, Inteligência Artificial e Internet das Coisas (IoT) na atual infraestrutura da companhia. O objetivo é transformá-la em uma referência em qualidade e segurança dos serviços prestados, resultando em redução de custos e melhoria da eficiência no transporte de passageiros, inclusive na diminuição do intervalo médio entre os trens. 

O prazo para a entrega do estudo à CPTM, assim como outras condições, estarão previstas no edital. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *