Plataforma foca em inteligência artificial para cidades inteligentes

Redação – 22.07.2019 –

Desenvolvido pela Velip Tecnologia, recurso foi projetado para automatizar avisos, alertas de emergências, orientações e campanhas de saúde

O avanço das cidades inteligentes – smart cities em inglês – vai exigir recursos também inteligentes, caso da plataforma da Velip Tecnologia. A solução realiza e monitora a comunicação interativa e automatizada com os cidadãos via chatbot e voicebot, telefonia fixo e móvel, WhatsApp, Facebook Messenger e assistente do Google. O uso será em automatização de avisos, alertas de emergências sobre iminência de desastres físicos e ambientais, orientações e campanhas de saúde (alerta de dengue, vacinação, prevenção).

Atividades em escolas, centros esportivos, unidades de saúde, centros comunitários, obras na cidade, festas e comemorações municipais também são consideradas. Independente da aplicação, o foco é atender as necessidades das cidades no relacionamento com moradores, usuários dos equipamentos e serviços públicos e com a população em geral. “As mais modernas tecnologias de Inteligência Artificial são aplicadas na plataforma para garantir uma conversa natural, sem um fluxo sequencial, e que garante agente virtual – o bot – a ouvir, falar, ler e escrever”, explica o diretor de tecnologia da Velip, José Roberto Aragão.

Conversão de texto de mensagens em áudio é uma das novas funcionalidades 

De acordo com ele, a plataforma acabou de receber novas funcionalidades, incluindo a interação em linguagem natural, que permitem criar agentes públicos virtuais 24 horas por dia respondendo por texto em Whatsapp, Facebook Messenger ou Webchat e por voz via Assistente do Google, disponível em qualquer Android ou pelos novos “smart speakers” (Amazon Echo, Apple HomePod e Google Home). A capacidade de transcrição com precisão foi melhorada, o que permite a plataforma atingir quase 100% do entendimento de máquina à fala humana.

Outra mudança é a classificação facilitada com grupos de pessoas e localização geográfica – O sistema pode ser programado com os dados dos destinatários subdivididos em grupos, os quais podem ser classificados por parâmetros, tais como bairros, regiões, CEPs e mesmo logradouros. A conversão de textos de mensagens em áudio (voz masculina ou feminina), além de possibilitar a utilização de áudios pré-gravados via telefone, PC ou aplicativos para dispositivos móveis, também é nova.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *