Provedor regional catarinense reverteu ataque cibernético e evitou perda de clientes

Redação – 12.06.2019

Neorede tinha perdido 800 usuários com ataque de negação de serviço (DDoS)

A provedora regional Neorede, de Santa Catarina, enfrentou o pesadelo de um ataque pesado de negação de serviço (DDoS), mecanismo que interrompeu o acesso de seus assinantes à internet. O problema aconteceu no ano passado e levou a operadora a perder mais de 800 clientes, segundo a Huge Networks, multinacional brasileira especializada na área de segurança. Os ataques tiraram o serviço da Neorede do ar, apesar de ela contar com soluções de defesa.

Os recursos fracassaram diante das técnicas sofisticadas empregadas pelo agressor. Na avaliação da Huge, os ataques DDoS modernos são “especializados e seguem escolhas criteriosas para causar o maior prejuízo financeiro para a empresa alvejada: os horários dos ataques, IPs aos quais ele se destina e vetores empregados são determinados de acordo com as fragilidades identificadas em cada alvo”, detalha a companhia.

No caso da Neorede, as ações de correção envolveram a implementação de um sistema de proteção DDoS compatível com a complexidade dos ataques atuais que combinam grande volume a um custo baixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *