RJ: Estado define ocupação de 740 imóveis em Teresópolis

Da redação com informações da assessoria de Imprensa da Seobras/RJ – 27/04/2016 – 

Giro de obras: A obra do conjunto habitacional, às margens da BR-116 (Estrada Rio-Bahia), é coordenada pelo governo fluminense e faz parte do programa federal Minha Casa Minha Vida.

No último dia 14, o governo fluminense, por meio da Secretaria de Obras, e da Caixa Econômica Federal sorteou 740 unidades do Conjunto Ermitage, em Teresópolis. Os sorteados são vítimas das chuvas e o processo reuniu moradores já aprovados por critérios técnicos em etapas anteriores. As próximas fases serão a vistoria das unidades pelos novos moradores, assinatura do contrato e entrega das chaves.

No total, o governo estadual está construindo 1,6 mil unidades no Ermitage. Assim que forem concluídas as cerca de 860 casas restantes, um novo sorteio deve acontecer. A informação é do subsecretário extraordinário da Região Serrana da Secretaria de Obras, João Carlos Grilo Carletti.

Para a segurança viária dos moradores, a Secretaria de Obras está construindo uma passagem subterrânea para pedestres sob a BR-116, em frente ao condomínio. Com investimento de R$ 630.259,76, as intervenções estão previstas para serem finalizadas em junho. Parte dos acessos ao conjunto de moradias, que incluem ainda a construção de um viaduto, a passagem garantirá que os moradores possam atravessar a rodovia em segurança.

As unidades prontas – 740 – estão distribuídas em 37 blocos: os condomínios Azaléias, com 11 blocos e 220 apartamentos; Camélias, com 13 blocos e 260 unidades; e Hortênsias, também com 13 blocos e 260 apartamentos.Rio de Janeiro

No total, serão disponibilizadas 1,6 mil moradias, divididas em 80 blocos, cada um com 20 apartamentos e cinco andares. No terreno de 272,5 mil metros quadrados, haverá sete condomínios. Cada unidade, de 43 metros quadrados, tem sala, dois quartos, cozinha e banheiro. Os ambientes receberão revestimento no piso, inclusive nas paredes da cozinha e do banheiro.

Unidades habitacionais na Região Serrana

O governo estadual, em parceria com o federal, está construindo 4.522 unidades habitacionais para desabrigados pelas enchentes: 2.337 (1.857 já entregues) em Nova Friburgo; 1,6 mil em Teresópolis; 50 (já entregues) em Petrópolis; 153 em Areal; 222 em Bom Jardim; 150 em Sumidouro; e 10 (já entregues) em São José do Vale do Rio Preto.

A construção é feita através do Minha Casa Minha Vida e a montagem de casas modulares é de responsabilidade da Secretaria de Obras, com material doado por empresas de construção. Os apartamentos são entregues às vítimas das chuvas gratuitamente, sendo que a escritura definitiva do imóvel será concedida aos moradores em dez anos. A Caixa Econômica Federal lembra que não é permitido alugar ou vender o apartamento antes do recebimento da escritura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *