Scania lança ônibus para mercado de BRT

Da Redação – 16.10.2015 –

Segundo a fabricante, veículo seria adotado em projetos de Bus Rapid Transit e seu uso corresponde a tirar até 135 carros das ruas.

Ônibus biarticulado F 360 HA da Scania (foto: divulgação).
Ônibus biarticulado F 360 HA da Scania (foto: divulgação).

O modelo biarticulado F 360 HA, recém-lançado, tem capacidade para transportar até 270 passageiros ou 68 automóveis com quatro ocupantes. A extensão do novo ônibus chega a 28 metros de comprimento. O modelo amplia o portfólio de veículos destinados aos chamados corredores exclusivos ou sistema BRT (Bus Rapid Transit).

O BRT, na avaliação da montadora, vem ganhando espaço como solução viável para a mobilidade eficiente nas médias e grandes cidades. Atualmente, 27 cidades somam 61 projetos. O sistema é similar ao do metrô, mas apresenta custos operacionais até 10 vezes mais baixos e tempo de implantação de apenas 18 meses.

“O biarticulado Scania é uma solução eficaz e rápida para a população, e mais econômica e rentável para o operador, no transporte de alta capacidade. Nosso modelo tem um motor de grande porte, mas de baixa rotação, caixa automática e suspensão a ar”, diz Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Ônibus da Scania no Brasil.

De acordo com ele, agora a montadora tem gama completa para o transporte urbano a partir de 12 metros. “Trazemos para o biarticulado a tradicional redução de custo operacional do ônibus Scania. Cada componente foi projetado para aumentar seu desempenho e definir padrões de classe mundial para a economia de combustível, dirigibilidade, confiabilidade e disponibilidade”, explica.

O biarticulado Scania F 360 HA 8×2 segue os padrões de BRT do manual da Associação Nacional dos Fabricantes de Ônibus (Fabus), adotado pela grande maioria das cidades brasileiras. A norma prevê corredores exclusivos com plataformas de embarque e desembarque elevadas, o que requer veículos com piso alto, no mesmo nível da plataforma, a fim de facilitar o embarque e desembarque.

O F 360 HA, de piso normal, tem motor de 360cv e desenvolve torque de 1.850Nm, já em baixas rotações, para economizar combustível. O propulsor está localizado na parte frontal do veículo e privilegia o salão de passageiros, de forma a permitir melhor acessibilidade entre os três vagões do veículo. O bloco está dimensionado para a capacidade de passageiros e carga.

O veículo tem configuração 8×2 de 43,5 t de capacidade de carga (maior do mercado, segundo a fabricante), que permite levar 270 passageiros ao longo de seus 28 metros de comprimento. Além disso, o custo passageiro/km de um biarticulado pode chegar a até 40% menos que o de um articulado. Ele pode ainda substituir praticamente dois articulados. As carrocerias disponíveis são Neobus e Caio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *