Skylane Optics negocia compra da brasileira BrPhotonics

Por Nelson Valêncio – 26.02.2018 –

Empresa belga negocia ativos com a atual dona da companhia. Aquisição amplia escopo de produtos em nível global e mantém operação no Brasil

Com ou sem a compra da BrPhotonics, Skylane deve repetir nível de crescimento de 2017 (63%)

A filial brasileira da Skylane Optics, única fabricante de transceptores ópticos no país, está a um passo da aquisição da operação da BrPhotonics, empresa focada em dispositivos avançados de alta velocidade para redes ópticas e também transceptores integrados. A sinergia entre as duas companhias é clara, sendo que a fabricante europeia amplia sua presença no mercado de transceptores para um nível de maior capacidade. Hoje, o foco da fabricante belga são dispositivos em nível de rede de acesso. A decisão da compra acontece nessa quarta-feira, dia 28, quando a norte-americana Integrated Device Technology (IDT), atual dona da BrPhotonics, dá sua resposta oficial.

Com a aquisição, a Skylane Optics reforça sua operação local, que apresentou um crescimento de vendas de 63% em 2017, superando a expectativa inicial de 50%, puxada pelo atendimento dos provedores regionais de telecomunicações, os chamados ISPs. Segundo Rudinei Santos Carapinheiro, diretor para desenvolvimento de negócios da empresa e principal executivo no Brasil, a corporação vê como ativos positivos da BrPhotonics o alto nível dos pesquisadores associados e as várias patentes de desenvolvimento na área óptica. “Estamos falando de tecnologias avançadas, com forte apelo em nível global e cujo mercado deve estar amadurecido nos próximos dois anos”. De acordo com ele, a compra também manteria ativo o desenvolvimento de alta tecnologia no Brasil, inclusive as parcerias com várias universidades locais.

Carapinheiro: aquisição da BrPhotonics amplia escopo de soluções da Skyane Optics no mundo

Carapinheiro não adianta valores, mas explica que todos os ativos da BrPhotonics estão sendo analisados pela área financeira da Skylane Optics e que existe um apoio institucional dos órgãos oficiais ligados ao setor. Pesa a favor da proposta o interesse da atual controladora, a IDT, em não manter as operações no Brasil, adquiridas com a compra da GigPeak (anteriormente GigOptics).

Com ou sem a empresa brasileira, a Skylane Optics prevê repetir os níveis de crescimento em 2018, principalmente pela oferta nos provedores regionais das regiões Nordeste e pelo incremento desse mesmo tipo de empresa no Centro-Oeste. O fato de estarmos em ano eleitoral igualmente pesa positivo. Para atender o mercado pulverizado dos provedores regionais, Carapinheiro destaca que a companhia investiu em estoque estratégico e na logística desenvolvida com a empresa aérea Azul, cujo hub estratégico está em Campinas, mesma sede da fabricante. Com o acordo, a Skylane estaria apta a entregar componentes em até 12 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *