Tocantins fecha o ano com a manutenção de 4 mil km de estradas pavimentadas

Redação – 16.11.2019 –

Inciativas de infraestrutura incluem também a construção de novos trechos

Para escoar sua produção agroindustrial, o estado do Tocantins fecha 2019 com duas ações focadas: a manutenção de 4 mil km de estradas pavimentadas e a construção de novos trechos. Quem coordena as duas frentes é a Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto). No primeiro caso, as intervenções envolveram obras de manutenção corretiva, preventiva ou melhorias. “Foi realizada uma verdadeira força-tarefa com a finalidade de restaurar a trafegabilidade das rodovias estaduais”, explicou a presidente da Ageto e secretária da Infraestrutura, Juliana Passarin.

Além do trabalho de manutenção, Tocantins também conseguiu finalizar a obra de reconstrução do pavimento de 11 trechos de rodovias no sudeste do estado. O investimento foi de R$ 79.904.460 e beneficiou 284,80 km de rodovias estaduais por meio da segunda etapa do Contrato de Restauração e Manutenção de Rodovias (Crema II), financiado pelo Banco Mundial.

O Crema também está beneficiando outros três trechos na região central do estado. O lote de obras iniciado contemplou 136 km de rodovias que engloba o trecho da TO-070, entre Porto Nacional e Brejinho de Nazaré; o da TO-255, entre Porto Nacional e Monte do Carmo e o da TO-080, entre Palmas e Paraíso. Essa obra receberá um investimento de pouco mais de R$ 66,5 milhões. “São rodovias importantes, que têm um grande fluxo de veículos e possui grande produção de grãos em seus arredores”, afirmou a secretária.

As obras estão em fase de execução e sua reconstrução deve ser finalizada ainda no primeiro semestre de 2020.  O projeto prevê, que após a reabilitação, a empresa responsável ficará responsável pela manutenção dos trechos por um prazo de até três anos.

Outra rodovia que está ganhando intervenção é a TO-14, no trecho que liga Palmeirópolis a divisa com Goiás, no sul do Tocantins. Os 26 km da via estão ganhando pavimentação asfáltica. A obra já está adiantada e já possui 60% dos serviços concluídos. A rodovia terá pista simples de mão dupla com faixa de domínio de 80 m. A obra foi orçada no valor de R$ 24,1 milhões, com prazo de entrega em 540 dias. A previsão é de que seja entregue no primeiro semestre do ano que vem.

Sinalização melhorada 

Mais 18 trechos de rodovias, em várias regiões do Tocantins, foram beneficiados pelo projeto de melhoria da sinalização de rodovias. As vias receberam sinalização horizontal, com novas faixas de eixo central e bordos de pistas e a implantação de tachas refletivas; e sinalização vertical com instalação de placas e marcos quilométricos.

De acordo com a diretora de Engenharia de Tráfego e Segurança Viária da Ageto, Lúcia Leiko, os trechos foram escolhidos após um estudo de viabilidade que detectou quais as rodovias necessitavam de reforço na sinalização. “O objetivo principal é garantir a segurança do usuário e diminuir o número de acidentes nesses trechos”, afirma.

No projeto foram investidos cerca de R$ 5,3 milhões e, conforme Juliana Passarin, a sua execução se baseou nas normas técnicas objetivando regulamentar o uso da via. “A nova sinalização vai alertar e advertir sobre situações potencialmente perigosas e fornecer indicações, orientações e informações aos usuários da rodovia”, ressalta a gestora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *