WDC e Nokia montam pacote flexível para pequenos provedores de telecom

Redação – 09.04.2020 –

Plano inclui carência de até três meses para redes de fibra óptica até o cliente (FTTH)

A pandemia de coronavírus acabou tendo mais um efeito colateral, que é o aumento do tráfego nas redes de telecomunicações. O problema também atinge os pequenos provedores que, diferentemente das grandes operadoras, não têm flexibilidade financeira para ampliar suas infraestruturas rapidamente. Pensando nesse gap, a WDC Networks juntou-se à Nokia e passou a oferecer um pacote com carência de três meses para os provedores regionais ativarem redes FTTH.

O foco da campanha de vendas de produtos de fibra ótica são os clientes residenciais e as pequenas empresas atendidas pelos provedores. Além da carência de três meses, os pacotes podem ser parcelados em até 60 meses. “Somos sensíveis, queremos ajudá-los em suas operações e também com isso vamos ajudar indiretamente as famílias brasileiras, que precisam de internet banda-larga para trabalho remoto”, declara Junior Carrara, Diretor da WDC.

De acordo com a Associação NEO, que reúne prestadoras de pequeno porte, os associados já perceberam aumento no tráfego de suas redes nos últimos dias – no interior do Rio de Janeiro, por exemplo, um deles registrou uma alta de 25% em relação ao dias pré-pandemia. As empresas também observaram uma migração do tráfego de internet das redes móveis para a internet fixa.

“Precisamos dar condições aos ISP´s para que estes prossigam no atendimento aos seus clientes, que vão cada vez mais demandar internet em suas casas, para fins de trabalho, consumo e lazer”, afirma Carrara. Os equipamentos que integram a ação da WDC com os ISP´s são OLT´s, alguns modelos de ONU Fiber Home, produtos da linha Easy4Link com Roteador a escolha do provedor (combo) e toda a linha de produtos Nokia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *