Como a CPTM criou uma linha expressa de trens em SP

Redação – 09.05.2019 –

Expresso Leste-Mogi completa seu primeiro mês de operação hoje

Se você fosse morador de Mogi das Cruzes e precisasse ir até a estação da Luz em São Paulo poderia usar o trem urbano da CPTM, mas teria que fazer a transferência de trens na estação de Guaianases. Foi assim nos últimos 19 anos até que a concessionária resolveu criar o Expresso Leste-Mogi, interligando as estações de Estudantes (Mogi) até a Luz, diretamente.

Com o fim da necessidade de baldeação e a redução do intervalo, a CPTM também aumentou o número de viagens entre Estudantes e Guaianases, oferecendo 34 mil lugares a mais diariamente. A implantação do serviço em tempo integral trouxe mais conforto inclusive para os cerca de 70 mil passageiros diários da Estação Guaianases, uma vez que reduziu o volume de pessoas na plataforma e melhorou a operação de embarque e desembarque.

Para operar com as viagens diretas de Estudantes a Luz em período integral, a CPTM modernizou a frota da Linha 11-Coral e realizou obras de infraestrutura, melhorando a rede elétrica e as subestações de energia Patriarca e Dom Bosco.

O intervalo foi reduzido em um minuto, passando da média de 9 para 8 minutos. O tempo de percurso da viagem entre Estudantes e Luz também diminui cerca de 8 minutos.

Com o Expresso Leste-Mogi, o total de viagens diárias da Linha 11-Coral passou de 459 para 465. A média de passageiros transportados em abril foi de cerca de 757 mil por dia útil. A tendência é que as melhorias atraiam ainda mais passageiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *