Energia solar em larga escala chega a Bangladesh

Da Redação – 03.10.2018 –

Bangladesh recebeu os módulos solares para a sua primeira usina de larga escala, com capacidade instalada de 28 MW. A fornecedora foi a chinesa JÁ Solar e o projeto é o primeiro da lista de intenções do país asiático para gerar 2 mil MW de energia solar até 2021.

A usina em questão fica na cidade de Teknaf e foi conectada à rede de distribuição do país agora em setembro. Devido aos frequentes apagões na região, a construção da usina de energia solar deve ajudar a aliviar as faltas de energia, pois ela supre até 80% da demanda por eletricidade na área. Ao mesmo tempo, espera-se que a usina solar reduza as emissões de dióxido de carbono em 20 mil toneladas/ano ao substituir termoelétricas a diesel.

O projeto fica perto do maior rio da região e está localizado a 1 km da costa. O clima quente, úmido e com ventos durante todo o ano, assim como o solo salino e alcalino, são os desafios para o desempenho dos módulos solares.

Os equipamentos da JA Solar passaram pelos testes de confiabilidade e adaptabilidade ambiental de longa duração. Também demonstraram boa resistência à atenuação da degradação induzida pelo potencial (PID), corrosão por névoa salina e pressão dos ventos. Isso significa que têm capacidade para manter a produção de energia estável, com alta eficiência e longa duração.

A construção foi feita pela Technaf Solartech Energy Limited (TSEL), uma subsidiária da Joules Power.

About the Author

Deixe uma resposta

*

Este post foi visto 175 vez(es).